16.12.13

Eutanásia...


Eutanásia, esbelta,
Passeia pelos Hospitais,
Como se fosse a mais bela,
Entre os mortais…

Moda atrás de moda,
O homem estertora,
Procurando a felicidade,
Onde ela não mora.

Onde está a felicidade,
Da conta bancária?
Prefiro a eutanásia,
À doença, essa alimária!

Louvam a eutanásia,
Doutores de gabarito,
Sem saberem que no Além,
A dor passa a grito…

Muito recomendada,
A eutanásia como solução,
Esquecem os doutores,
Que há a reencarnação!

Pensando tudo saber,
Nada sabem, afinal,
Do que se passa na Vida,
Após o decesso fatal.

Dias virão, em que
Estudarão espiritualidade,
Seja nas escolas,
Ou na universidade.

Só assim, o médico,
Pode levar sem engodo,
O desiderato que tem,
Tratar o homem com’um todo…

Poeta alegre 
Psicografia recebida por JC, em Óbidos, Portugal, em 10 de Outubro de 2013

0 comentários:

Enviar um comentário