29.11.17

Os filhos...


A criança é uma jóia
que está por lapidar,
por isso, Deus
concede-lhe um lar…

Os pais, são os joalheiros
que vieram do Além,
para que o “diamante”
possa, um dia, ser alguém.

Na fase de lapidação,
surgem muitas dificuldades,
que vão variando
conforme as idades.

Por vezes, os joalheiros
desanimam na missão,
quando o “diamante”
teima em sair-lhe da mão.

Chegado ao fim do processo,
o “diamante” brilha, com fulgor,
e os joalheiros, cansados,
regozijam-se com Amor.

Crianças e adultos,
gerações diferenciadas,
Criam tribulações
por vezes acaloradas.

Mas, a tarefa é essa,
a jóia burilar,
custe ou não,
esse trabalhar…

Ama a criança,
seja qual for o seu viver,
pois, ela vai dar à sociedade,
o que dela receber.

Poeta alegre 

Psicografia recebida por JC, na palestra pública do CCE, C. Rainha, intitulada “Os filhos na óptica espírita”, em 10 de Novembro de 2017

0 comentários:

Enviar um comentário