29.9.15

NASA confirma Espíritos: há água em Marte!



A Doutrina dos Espíritos (Doutrina Espírita, ou Espiritismo) é uma ciência filosófica de consequências morais.
Chama-se Doutrina dos Espíritos porque foi ditado por eles, através de milhares de médiuns, em todo o mundo.
A Allan Kardec, coube o imenso trabalho de coligir essa informação, comparar, experimentar, testar e compilar todo esse acervo de informação, assente em 5 pontos essenciais: a existência de Deus, a imortalidade do Espírito, a comunicabilidade dos Espíritos, a reencarnação e a pluralidade dos mundos habitados.
Allan Kardec referiu que a ciência espírita marcha ao lado da ciência "oficial", mas não se detém onde esta pára, indo mais além, estudando as leis que regem o intercâmbio entre o mundo espiritual e o mundo terreno. Kardec referiu ainda que, se um dia a ciência "oficial" confirmar que um único postulado espírita está errado, então devemos abandoar esse postulado e seguir a nova descoberta.
Allan Kardec defendia que um ensinamento espiritual precisa de ter o carácter de universalidade, para ser considerado credível, isto é, se o mesmo ensinamento aparece em vários locais da Terra, por intermédio de diversos médiuns diferentes, na mesma altura, então esse ensinamento dos Espíritos tem mais credibilidade, do que  se for dado apenas por um Espírito, a um médium, num único local.
O objectivo da Doutrina dos Espíritos é, pois, a renovação moral e intelectual da Humanidade. Instruindo-se e amando, o ser humano espiritualiza-se, e aproxima-se mais rapidamente de Deus, do seu desiderato: evoluir.
Pese embora este objectivo universal do Espiritismo, pode acontecer que, por vezes, os Espíritos transmitam, através dos médiuns, certas informações que são desconhecidas na Terra, e que são posteriormente confirmadas ou não.
Ontem, 28 de Setembro de 2015, a NASA confirmou a existência de água no planeta Marte. Já nos anos 70, tinham sido encontrados alguns vestígios, nos anos 80 uma sonda enviou imagens que pareciam confirmar essa tese, e em 2011 novas fotografias vinham atestar a possível veracidade dessa suspeita. Mas, agora, em 28 de Setembro de 2015, a NASA informa que tem a certeza de que há água no planeta Marte, em locais subterrâneos.

NASA confirma 80 anos depois das mensagens recebidas
por Chico Xavier: há água em Marte.

Em 1930, o médium Francisco Cândido Xavier (Chico Xavier) recebeu várias mensagens que foram compiladas num livro intitulado "Cartas de uma morta", da autoria do Espírito Maria João de Deus (sua mãe falecida), 12ª edição, São Paulo, Brasil, editora LAKE, Agosto de 1995.
Nesse livro, nas páginas 78 e 79, item "Paisagem de Marte", o Espírito refere entre outras informações: "Vi oceanos, apesar da água se me afigurar menos densa e esses mares muito pouco profundos. Há ali um sistema de canalizações, mas não por obras de engenharia dos seus habitantes, e sim por uma determinação natural da topografia do planeta que põe em comunicação contínua todos os mares".
Em 25 de Julho de 1939, o mesmo médium, Francisco Cândido Xavier, recebeu outra mensagem, desta vez da autoria do Espírito Humberto de Campos, compilada no livro "Novas Mensagens", 6ª edição, Rio de Janeiro, Brasil, editora FEB, 1978, onde no capítulo intitulado "Marte", página 63, o referido Espírito informa, no meio de muitas outros aspectos: "... largo sistema de canais, que ali coloca os grandes oceanos polares em contínua comunicação, uns com os outros".
No Jornal "Expresso", Portugal, online (http://expresso.sapo.pt/internacional/2015-09-28-NASA-vai-enviar-tres-naves-e-quer-levar-humanos-para-Marte), 28 de Setembro de 2015, 19h34, os cientistas da NASA referem outros aspectos que coincidem com as 2 mensagens (da década de 30) recebidas por Chico Xavier, quer sobre a atmosfera de Marte, quer sobre a proveniência da água encontrada.
Francisco Cândido Xavier, Espírito nobre, que na Terra foi um missionário de Deus, considerado a maior antena psíquica do século XX, merece-nos todo o respeito e credibilidade (embora todos os médiuns estejam sujeitos a enganos, conforme refere  "O Livro dos Médiuns", de Allan Kardec).
Deixamos aqui esta interessante informação, esperando, como dizia Kardec, que num futuro próximo a ciência "oficial" venha confirmar ou não, outras informações recebidas por este e outros grandes médiuns da Humanidade.
Para já, a NASA confirmou aquilo que os Espíritos transmitiram há 80 anos: em Marte existe água, bem como canais subterrâneos por onde ela circula.

6 comentários:

milu disse...

Começa a faltar a divulgação "oficial" de outros planetas habitados...

Maria Júlia Ramalho disse...

Caro amigo,
Ontem quando ouvi a notícia, lembrei-me exatamente dos livros de Chico Xavier citados, e não pude deixar de agradecer intimamente a Deus, por ter tido, ainda muito jovem, o privilégio de conhecer a Doutrina espírita. Não só por estes conhecimentos que vamos comprovando no dia a dia, mas sobretudo, por fazer de mim uma pessoa melhor e mais compreensiva e tolerante. Abraço fraterno.

João Pedro Fogaça disse...

Bem assinalado, caro Lucas. Um abraço.

Unknown disse...

E a população marciana, em qual estágio se encontra? Que tipo de planeta seria Marte?

Anónimo disse...

A Doutrina Espírita teria então de aguardar a confirmação científica da existência da alma e da reencarnação?

Nós, espíritas, sabemos que existe água em Marte desde 1935!!!

Você se enganou. Os Espíritos não precisam esperar. O Espiritismo veio com um compromisso: dizer a verdade. Se você acredita no que a NASA publica sobre Marte e não acredita nos Espíritos Benfeitores, então está na hora de escolher outra religião.

Saudações fraternas.

José Lucas disse...

Caro Anónimo

O Espiritismo é uma ciência de observação e uma filosofia de consequências morais (Allan Kardec).
O bom senso de Kardec em 1857 contrasta com o fanatismo de muitos de nós, 158 anos depois, que só porque um Espírito diz uma coisa é sagrado.
Não é essa a ideia do Espiritismo, estudando Kardec, ele refere que a verdadeira fé é aquela que enfrenta a razão face a face em qualquer época da Humanidade.
Kardec referiu igualmente que a ciência espírita marcha ao lado da ciência oficial mas não se detém onde esta pára. Vai mais Além e aguarda que seja confirmado ou não e no dia em que algo que o Espiritismo defende for comprovado que é falso, então deve-se abandonar esse ponto.
Veja bem a beleza do pensamento de Kardec, o bom senso, o equilíbrio, longe de dogmas e de fanatismos.
Também sabemos (basta estudar O Livro dos Médiuns) que não há médiuns infalíveis, logo todas as informações espirituais devem ser passadas pelo crivo da razão da lógica.
No que me toca não preciso de outra religião, porque o Espiritismo não é mais uma religião (leia-se Kardec, nomeadamente os 12 volumes da Revista Espírita) nem mais uma seita, mas uma filosofia de vida, uma doutrina (conjunto de ideias) que me preenche muito - sorrisos... :-)
Um dia a agressividade e o fanatismo darão espaço para que o Amor, o entendimento, a compreensão encontrem eco no nosso coração :-)
Com amizade,
José Lucas

Enviar um comentário