11.12.13

Contacto com o "Além"...


Podia ser mais um título de um filme de ficção científica, mas não é! Podia ser o título de mais um artigo de opinião, mas não é! Contacto com o “Além” é o que acontece diariamente num Centro Espírita, em qualquer parte do mundo. José Araújo, espírita, médium, esteve em Portugal de 2 a 17 de Novembro de 2013 a convite de um grupo de portugueses, com o apoio da Federação Espírita Portuguesa (FEP). Recebeu mais de 20 mensagens ditadas pelos Espíritos, em transe profundo, inconsciente, escrevendo. Venha daí…

José Araújo, 49 anos, casado, pai de 4 filhos, avô de 2 netos, vive em Blumenau, Santa Catarina, Brasil. Ficou conhecido pelas mensagens que recebe mensalmente, em directo, via Internet, em transe profundo, inconsciente.
Convidado por um grupo de portugueses, esteve em Portugal.
No dia em que chegou, 2 de Novembro de 2013 esteve nas Caldas da Rainha, rumando no dia seguinte para S. João de Ver (Norte) para um mini-seminário. No dia 4, o Centro Espírita de Setúbal sobrelotou, acontecendo o mesmo em Évora no dia 5 e, em Olhão no dia 6. Portimão recebeu-o no dia seguinte, e no dia 8 foi a vez de S. Brás de Alportel, para rumar no dia 9 a Lisboa, onde efectuou uma palestra na FEP (Amadora), local onde decorreu um excelente seminário sobre a “Arqueologia do Ser”, no Domingo, dia 10 de Novembro. A sala do Centro Espírita na Marinha Grande foi pequena para o receber no dia 11 e, em Águeda estavam cerca de 400 pessoas no dia 13. Dia 14 foi a vez de Viseu e, dia 15 nas Caldas da Rainha, a sala ficou a abarrotar com mais de 200 pessoas. Esteve ainda presente no Congresso Espírita Português, em Leiria, nos dias 16 e 17.
Embora tivesse vindo apenas na qualidade de palestrante, com temas muito interessantes, inovadores e diversificados, em todos os locais acabou por receber mensagens dos Espíritos, que estão disponíveis no “site” do Centro Espírita que frequenta no Brasil e onde qualquer pessoa poderá verificar os textos recebidos - www.ceil.com.br mensagens de Espíritos portugueses, uns conhecidos, outros por identificar, mas todos deixando conceitos de esclarecimento e consolo à luz da Doutrina Espírita.
José Araújo fala bem, mas domina mal o português escrito e, muito menos o português de Portugal. Pela 1ª vez esteve em Portugal, país que não conhecia, demonstrando pouco conhecer, igualmente, das suas idiossincrasias.

Factos impressionantes comprovam a imortalidade do Espírito,
confirmando as pesquisas científicas de Allan Kardec no século XIX

Nas mensagens recebidas, aparecem identificações de Espíritos que ele não tinha como conhecer, como o caso do presidente da Federação Portuguesa de Karaté, passando pelo caso de uma bombeira falecida em 2013 nos incêndios de Portugal, de uma jovem que faleceu num acidente rodoviário em Ourique, para além de um outro jovem motociclista.
Numa das mensagens aparece um nome de uma pessoa, cujo enquadramento não fazia sentido no texto. Após demoradas pesquisas, descobrimos que é o nome de uma ave que existe na ilha dos Açores, e que tem o nome da pessoa que o descobriu. O Espírito que assina a mensagem, era um biólogo, que faleceu num desastre de avião nos Açores.
A Doutrina Espírita (Espiritismo, ou Doutrina dos Espíritos) assenta na existência de Deus, na imortalidade do Espírito, na comunicabilidade dos Espíritos, na reencarnação e na pluralidade dos mundos habitados.
O espiritismo veio matar a morte, e hoje, só quem estiver distraído ou de má-fé, ainda diz que não veio ninguém do lado de lá para contar.

Veio, vêm e continuarão a vir, isso hoje é um dado científico, que a mediunidade confirma e os cientistas não conseguem negar, que a vida continua para além da morte do corpo físico.

2 comentários:

Marta Cristina disse...

Abençoado Zé Araújo !

anabela rebelo disse...

Adorei ver e ouvir este senhor, devia voltar.

Enviar um comentário