30.9.13

O brado do Amor...

Neste mundo
Cheio de dor
Precisais dar
O brado do Amor

Quando quezílias
Adentrarem o lar
O brado do Amor
O irá acalmar

Se mentes em desalinho
Te vierem perturbar
O brado do Amor
Te irá pacificar

Quando no trabalho
Ninguém te valorizar
O brado do Amor
Será o teu altar

Quando a violência
Te vier tentar
O brado do Amor
Te irá serenar

Se o teu proceder
For o brado do Amor
Quem olhar para ti
Verá Jesus, Nosso Sr.

O exemplo será sempre
O ensino em esplendor
E somente o farás
Com o brado do Amor

Quando sentires
O brado do Amor
A sair do coração,
Serás feliz, irmão!

Poeta alegre 
Psicografia recebida no ENL, por JC, em 9 de Setembro de 2013, Óbidos, Portugal.

0 comentários:

Enviar um comentário