24.9.12

Filho-problema


Filho turbulento
Precisa de atenção
Não basta alimento
Nem repressão.

É preciso atenção
À educação espiritual
Aos poucos preparar
Para corrigir o mal

Filho quer atenção
A todo o momento
Filho não é ilusão
Nem é tormento

É ensejo que Deus dá
Para auxiliar
Alguém sofrido
Que quis reencarnar

Ser pai e mãe
É ser educador
Não basta alimentá-lo
É preciso dar Amor

Amor é corrigir
Tendências inferiores
Que o petiz traz
De vidas anteriores

Nem sempre os pais
Têm essa lucidez
Crie-os com amizade,
Seja cortês

Paciência, paciência
É a palavra de ordem
Para filhos-problema
Que provocam desordem

Falem-lhe de Jesus
"Amoleçam" seu coração
Para que cresça fortalecido
Na prática da oração

Poeta alegre
Psicografia recebida na reunião mediúnica do CCE, C. Rainha, Portugal, em 21 de Dezembro de 2005

0 comentários:

Enviar um comentário